App Store tem lucro 65% superior ao da Play Store no 1º trimestre

“Embora a diferença tenha sofrido uma ligeira queda quando comparado aos 67% para o mesmo período em 2018, ainda é um valor expressivo quando se considera que aproximadamente 85% dos smartphones no mundo utilizam o Android.”

De acordo com dados estimados pela Sensor Tower, a App Store gerou um lucro 65% superior ao da Play Store no primeiro trimestre de 2019 e considerando apenas os 100 principais aplicativos de cada loja. Enquanto usuários de iPhone gastaram US$ 83,8 milhões (cerca de R$ 320,8 milhões), as compras feitas pela loja da Google somaram US$ 51 milhões (cerca de R$ 195,2 milhões).

Embora a diferença tenha sofrido uma ligeira queda quando comparado aos 67% para o mesmo período em 2018, ainda é um valor expressivo quando se considera que aproximadamente 85% dos smartphones no mundo utilizam o Android.

Um dos principais motivos para essa diferença tão gritante pode ser o perfil social dos usuários. Smartphones com Android são os mais comuns em países em desenvolvimento, com pessoas que nem sempre têm condições de gastar com apps. Neste sentido, a seletividade dos usuários de iOS favorece um maior consumo de aplicativos pagos.

A principal diferença entre as lojas aparece quando não se considera o gasto em jogos. A loja da Apple apresentou um lucro de US$ 23,3 milhões (cerca de R$ 89,2 milhões) entre janeiro e março de 2019. Mais de três vezes superior aos US$ 7 milhões (cerca de R$ 26,8 milhões) lucrados pela Play Store.

Já ao se analisar os gastos com jogos – que representam cerca de 74% dos gastos totais em apps –, a diferença é um pouco mais discreta. A receita média dos 100 principais aplicativos de jogos no iOS no último trimestre foi de US$ 70 milhões (cerca de R$ 268 milhões), em comparação com US$ 48 milhões (cerca de R$ 183,7 milhões) na Play Store.

Fonte: TecMundo