Brasil e França fecham acordo para projetos espaciais

“Essa colaboração tem o objetivo de aproximar os dois países em assuntos aeroespaciais e prevê a cooperação para o intercâmbio de projetos em conjunto.”

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) e a Agência Espacial Brasileira (AEB), representados pelo Ministro Marcos Pontes e pelo presidente da AEB, Carlos Moura, assinaram um acordo de interesse para o desenvolvimento de projetos espaciais em parceria com o Centro Nacional de Estudos Espaciais da França (CNES).

Pontes, em viagem oficial, disse que o Brasil tem interesse em fechar parcerias parecidas com outros países além da França. Essa colaboração tem o objetivo de aproximar os dois países em assuntos aeroespaciais e prevê a cooperação para o intercâmbio de projetos em conjunto. Fazem parte do acordo iniciativas para o Centro Espacial de Alcântara, no Maranhão, porém apenas se o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas com os Estados Unidos for aprovado no Congresso Nacional.

Na França, o ministro também participou da Feira Internacional Paris Air Show, na qual se encontrou com o presidente francês Emmanuel Macron.

Sobre o CNES
O Centro Nacional de Estudos Espaciais da França (Centre National d’Études Spatiales), fundado em 1961, é o órgão responsável pela formulação e implementação da política espacial da França e visa à criação e ao amadurecimento de novos sistemas e tecnologias espaciais com o objetivo de garantir o acesso do país ao espaço.

O CNES participa de diversas outras parcerias em projetos especiais com a comunidade científica internacional e conta com cerca de 2,4 mil funcionários na busca por promover tecnologias focadas em espaço, ciências, observação, telecomunicações e defesa.

Fonte: TecMundo